Low Poo, No poo e Co-wash: como funcionam essas técnicas de limpeza capilar

Atualizado: 15 de fev.


No poo, co-wash e low poo são técnicas de limpeza do cabelo que começaram a ser difundidas entre as mulheres cacheadas e crespas, pois esses cabelos são naturalmente mais secos, devido o formato do fio que impede que a oleosidade natural do couro cabeludo chegue no comprimento.


Contudo, esses métodos começaram a ficar populares e serem testados por pessoas que têm outros tipos de cabelo, não apenas cacheados e crespos, e descobriu-se que essas técnicas beneficiam muito qualquer tipo de cabelo. Se você ficou curiosa sobre do que se trata vem comigo que vou explicar cada uma delas.

Como expliquei acima, os cabelos cacheados e crespos são cabelos mais secos, por não terem muita oleosidade natural. E os xampus convencionais ressecam ainda mais esses fios devido a presença de sulfatos, que são substâncias detergentes que fazem limpeza profunda e são os responsáveis pela espuma que o produto produz. Os sulfatos removem toda a oleosidade, mas levam junto outros nutrientes do cabelo. O que o deixa ainda mais ressecado.


Para cabelos que não são oleosos e não precisam de uma limpeza tão profunda esses xampus acabam ressecando demais. Por isso se percebeu que nem sempre é necessário fazer uso desses xampus para manter os cabelos limpos. E sem o ressecamento causado pelos sulfatos os cabelos ficam muito mais bonitos e nutridos.


Mas como funcionam essas técnicas?


NO POO


A no poo (que significa sem xampu) consiste em lavar os cabelos apenas com água. Isso mesmo, nessa técnica não se usa NENHUM tipo de xampu, só a água já é capaz de remover a poluição e oleosidade natural do couro cabeludo. Porém, para que a técnica funcione é necessário seguir algumas regras, que são não usar máscaras ou condicionadores que contenham derivados de petróleo (petrolatos, óleo mineral, parafina e vaselina), nem parabenos nem silicones insolúveis.


Isso porque esses ingredientes impregnam nos fios, formando uma "capa" que fazem com que o cabelo aparente estar bem tratado, mas na verdade é apenas uma "maquiagem" que impermeabiliza os fios e impede que o cabelo absorva os nutrientes e a água que realmente precisa. (Isso vale para todos os cabelos, produtos sem esses ingredientes são melhores para tratar os fios de forma efetiva).


Como esses ingredientes impregnam no cabelo, para serem retirados precisam de limpantes potentes (como o sulfato). Logo, para a no poo funcionar, os produtos aplicados no cabelo precisam ser facilmente retirados apenas com água, que é a única coisa usada para limpar os fios nessa técnica. Sendo assim, os silicones, parabenos e petrolatos são proibidos para quem quer seguir esse método.


Sem dúvida se trata de uma técnica radical, mas que beneficia muito quem possui cabelo extremamente seco. Quem pratica garante que os fios ficam muito mais definidos, macios e brilhantes.


Outra forma de se fazer o no poo é combinada com a técnica Co-wash.


CO-WASH


Nesse técnica a limpeza do couro cabeludo e dos fios é feita com uso de condicionador - por isso C0 (conditioner-condicionador) wash (limpeza). Mas não é qualquer condicionador, seguindo a lógica explicada a cima, ele precisa ser livre de todos aqueles ingredientes citados, pois além de eles não trazerem nenhum benefício real para o cabelo eles se acumulam quando não são retirados corretamente. Como esses ingredientes só saem com xampus de ação detergente (com sulfatos), eles não podem ser usados por quem faz co-wash.


Essa técnica não se restringe aos cabelos cacheados e crespos e nem apenas para quem segue a no poo. Eu inclusive, que não faço no poo, estou fazendo co-wash uma vez por semana, pois por ser uma limpeza mais suave essa técnica ajuda a diminuir o desbotamento da minha coloração.


Eu estou usando o condicionador específico para co-wash e para cabelos coloridos, da marca Schwarzkopf. Esse da foto.

FOTO: REPRODUÇÃO GOOGLE



LOW POO


A terceira técnica é a low (pouco) poo (xampu). Nesse método se usa xampu desde que livres de sulfato (lembra que ele é que faz o xampu ser super limpante e ressaca o cabelo?).


Os xampu liberados para low poo possuem agentes surfactantes que promovem uma limpeza mais suave que não agride os fios, retirando apenas o que precisa, sem mandar embora os lipídios naturais do cabelo.


Assim como na no poo, para a low poo funcionar os outros produtos (máscaras, creme de pentear, etc) usados também precisam sem livres de parabenos, silicones e derivados de petróleo. Caso contrário o cabelo ficará pesado por esses ingredientes que não serem retirados com o xampu sem sulfato.


Muitas pessoas ainda associam espuma a limpeza e por isso preferem usar xampus que produzem bastante espuma por acreditar que só assim os cabelos ficam realmente limpos. Contudo, quanto mais espumante for o xampu mais sulfato ele terá e o excesso dele é agressivo para o cabelo, pois como já explicado ele não lava apenas a sujeira, mas toda a proteção natural dos fios. E as marcas sabendo disso costuma mascarar o ressecamento adicionando aos xampus, com sulfato, silicones e petrolatos (aqueles ingredientes que fingem tratar os fios).


Então essas técnicas de limpeza mais suave buscam o uso de produtos mais leves e gentis para os cabelos, que limpam e tratam de verdade. Usando xampu que lava apenas o que não faz bem para o cabelo (excesso de oleosidade e sujeira) e priorizando máscaras e condicionadores realmente eficientes para tratar os fios e não fingir que fazem isso.


Atualmente existem várias mulheres adeptas a essas técnicas e elas levam isso muito a sério. Existem inclusive comunidades no Facebook para troca de informação sobre o assunto.


É claro que a industria cosmética não iria ficar de fora dessa tendência de cuidados capilares e atualmente existem várias marcas com linhas direcionadas para as praticantes das técnicas. A maioria é voltada para as cacheadas (afinal foram elas quem encabeçaram o movimento), mas também se encontra produtos para outros tipos de cabelo, como os coloridos e com química (que também se beneficiam muito desses métodos de limpeza mais gentis).


BIOEXTRATUS, TRUSS, LOLA COSMETICS


Além desses produtos que já são comercializados de forma direcionada para as técnicas, vários outros podem ser considerados liberados, desde que não possuam os ingredientes proibidos. AQUI tem uma lista de quais são eles. E nessa outra lista AQUI tem vários produtos já analisados e indicados para quem quiser praticar os métodos e melhorar os cuidados com os cabelos.


Eu ainda não me tornei 100% adepta as técnicas (a no poo para mim é impossível, pois meu cabelo é mega oleoso) mas já usei xampu sem sulfato há uns anos (foi um da Schwarzkopf para cabelos coloridos) e realmente meu cabelo estava lindíssimo naquela época, então já quero voltar a tirar os sulfatos da minha rotina de cuidados capilares.


Mesmo usando xampu tradicional, a maioria das máscaras que utilizo atualmente não têm os tais ingredientes proibidos (silicones insolúveis, petrolatos e parabenos). E sim, posso afirmar que essas máscara são excelentes, então acredito que não usar esses ingredientes realmente faz muita diferença para os cabelos.


Já o Co-wash é novidade na minha rotina, adquiri recentemente um condicionador para isso e estou amando o resultado. Intercalo ele com o xampu comum, mas confesso que depois de me aprofundar mais no tema para escrever esse post e relembrar como meu cabelo estava lindo e saudável quando usei xampu sem sulfato, voltarei a comprar xampus sem esse detergente.


Agora quero saber de você, já conhecia essas técnicas ou já é adepta a alguma delas? Comenta aqui embaixo o que achou.


Espero que tenha gostado.


Bárbara Figueiredo - pigmentadora, maquiadora e graduanda em Biomedicina. Acompanhe as minhas redes sociais para conhecer mais do meu trabalho: Instagram: @b.a.r.b.a.r.a.b.e.a.u.t.y @barbarabeautyconcept Youtube: Bárbara Figueiredo Beauty E para você não perder nenhum post do blog e receber alerta no seu e-mail, assine a newsletter no campo abaixo. Até o próximo post. 😘