CUIDADOS CAPILARES COMO SABER DO QUE OS CABELOS PRECISAM

Atualizado: 15 de fev.


Você não leu errado, o nosso cabelo não tem atividade celular e por isso não tem capacidade de ser regenerado. Mas antes que você decida jogar fora todos os seus cosméticos capilares, deixar eu te explicar isso melhor.


Começando pelo começo


Os fios de cabelo são compostos por 85% de queratina, 12% de água e 3% de lipídios. A única parte viva e ativa se encontra dentro do couro cabeludo, onde os fios são produzidos. Fora da epiderme (camada mais externa da nossa pele) os fios não possuem atividade celular, ou seja, estão mortos. É por isso que a única maneira realmente eficaz de ter cabelos fortes é através da alimentação e da ingestão de água, que irão nutrir o cabelo lá na raiz, de dentro para fora, gerando fios saudáveis.


Uma vez fora do couro cabeludo o cabelo não tem capacidade de regenerar nem ser recuperado e todos os danos que ele sofrer, seja físico ou químico são IRREVERSÍVEIS. Mas isso não quer dizer que não seja possível melhorar a sua aparência e evitar que mais danos ocorram.


Isso significa que os tratamentos que fazemos não são capazes de recuperar o cabelo como a indústria cosmética propaga. É possível apenas "maquiar", "tapar os buracos" dos fios e forma provisória. Por essa razão é que os cuidados precisam ser repetidos constantemente. Se o cabelo realmente pudesse ser regenerado ele voltaria a cor original depois de ter sido tingido, por exemplo; e os produtos não precisariam continuar sendo aplicados depois que o fio tivesse recuperado.


O que realmente é possível fazer depois que um dano é causado é escondê-lo e assim melhorar a aparência do cabelo, como a maquiagem esconde as olheiras, mas não as resolve. Então não se iluda, nenhum produto para cabelo é capaz de reverter os estragos feitos. O que diferencia um produto ser melhor que outro é que alguns, por terem mais tecnologia e matéria-prima de melhor qualidade, fazem uma "maquiagem" melhor do que outros.


Assim para melhorar ou manter a boa aparência das madeixas o que efetivamente funciona é distinguir de qual dos 3 compostos que formam o fio (proteína, água ou lipídios) está mais em falta para assim escolher qual produto utilizar. Porque cronograma capilar é uma perda de tempo e de dinheiro, mas vocês ainda não estão preparadas para essa conversa, rs.


Um jeito simples para identificar a deficiência do seu cabelo para assim escolher qual tipo de ativo usar para melhorar o seu aspecto é observar o seu aspecto:


  • Cabelos que ao toque não possuem maciez e/ou embaraçam com facilidade é sinal que estão desidratados, portanto hidratação neles.

  • Os que apresentam muito frizz, volume descontrolado e opacidade é porque estão deficientes de lipídeos - use produtos nutritivos.

  • E os fios quebradiços, finos, ressecados e com muitas pontas duplas é indício de falta de proteína - então invista em reconstrutores.

Mais do que simplesmente fazer revezamento de tratamentos (vulgo cronograma capilar), identificar do que seu cabelo precisa e usar um produto com o ativo certo até o cabelo aparentar estar recuperado é o que realmente irá deixar seu cabelo com aparência bonita, sem precisar seguir um calendário pronto.


Cuidar dos cabelos é bem mais simples do tentam nos convencer para vender produtos. Em breve explico sobre a polêmica do cronograma capilar...

Espero que tenha gostado.


Me siga nas redes sociais:

instagram - @b.a.r.b.a.r.a.b.e.a.u.t.y @barbarabeautyconcept

Youtube - Barbara Figueiredo Beauty


Até o próximo post.

163 visualizações3 comentários